30 de Janeiro de 2023

Está aqui

Câmara Municipal de Mira assina protocolo com a CEARTE

O Município de Mira assinou um protocolo de cooperação com o Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património (CEARTE), tendo como objetivo uma candidatura ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) intitulada “Incentivo Adultos”, tendo como destinatários adultos com baixos níveis de qualificações e pretende promover as competências de literacia e melhorar as qualificações escolares destes adultos, ao nível do ensino básico.

O protocolo assinado entre as duas entidades tem como “obrigação” a divulgação da iniciativa “Projetos Locais Promotores de Qualificações de Nível B1/B2/B3”, tendo em vista a captação de públicos elegíveis; divulgar reciprocamente as atividades de cada entidade, sempre que estas se dirigirem aos públicos preferenciais previstos enquadrar nos “Projetos Locais Promotores de Qualificações” e colaborar reciprocamente em tudo o que seja vantajoso para os candidatos elegíveis, incluindo a identificação, encaminhamento e/ou outras atividades que se venham a considerar importantes para a identificação de candidatos e/ou constituição de grupos elegíveis, desde que tal se integre na missão e estatutos de cada uma das entidades.

Este protocolo servirá, de igual modo, para mobilizar adultos de muito baixas qualificações, para integrarem modalidades que conduzam à obtenção de uma certificação de B1, B2 ou B3; promover a oferta de educação de formação de nível B1/B2/B3, que melhor se ajuste às necessidades dos adultos; criar condições propícias à participação dos adultos em percursos de qualificação, tirando partido das parcerias estabelecidas; acompanhar de modo intensivo e articulado os adultos, desde a inscrição num Centro Qualifica à obtenção de uma certificação, minimizando riscos de desistência e otimizando taxas de certificação em B1/B2/B3; potenciar a integração dos ativos no mercado de trabalho e outras ofertas diferenciadoras para o público inativo e promover outros projetos de apoio ao desenvolvimento da comunidade local, de acordo com as atribuições dos dois outorgantes.

Para o presidente da Câmara Municipal de Mira, Raul Almeida, “a autarquia vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para que esta candidatura seja aprovada, uma vez que o seu objetivo é único e vai melhorar, sem a menor dúvida, o nível de literacia dos mirenses, nomeadamente os adultos que, pelas mais diversas razões, não tiveram a oportunidade de, na sua juventude, estudar e aprender um pouco mais nas escolas”.

A candidatura vai avançar nos próximos dias e as duas entidades envolvidas esperam uma aprovação por parte da equipa que coordena as verbas e candidaturas ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência.