04 de Março de 2024

Está aqui

Caretos da Lagoa

 

Os caretos são foliões do sexo masculino que se fantasiam com roupas femininas coloridas e usam uma máscara de cartão, ornamentada de chifres e serpentinas, dependuram ao pescoço chocalhas e guizos. Aparecem em grupo, “atacando” as pessoas, especialmente raparigas solteiras, assustando-as.

É por altura do Entrudo que fazem a sua aparição. Antigamente, a saída dos Caretos realizava-se como uma espécie de ritual pagão, que traduzia a passagem dos rapazes à idade adulta. Por esse motivo só é permitido o uso das ‘campinas’ a homens, uma alusão à virilidade mas que baralha as pessoas já que recorrem também ao uso da saia vermelha, um misto entre o humano e o diabólico, o religioso e o profano.

A tradicional campina esconde o rosto do careto e eleva-se ao cimo da cabeça, ornamentada com fitas coloridas e um par de cornos.

Com aspeto quase demoníaco, sempre em grupo, escondendo a sua identidade, os caretos lançam a confusão pelas ruas, deslocando-se num alarido de sons, urros e muitas campainhas.

Aos saltos, provocadores, correm, pulam, levantam as saias, tudo num ritual misto de desafio, ousadia e sedução para com as moças e mulheres de qualquer idade.

É Entrudo, releva-se Tudo!