06 de Julho de 2022

Está aqui

Mira vai adquirir três veículos para valorizar e preservar o património natural

A Câmara Municipal de Mira vai adquirir um veículo anfíbio, uma giratória e um trator com o objetivo de valorizar e preservar o património natural, numa candidatura orçada em cerca de meio milhão de euros.

O Município de Mira candidatou-se a fundos comunitários com o projeto “Ecomira2022 - Valorização do património Costeiro e Aquático de Mira”, através da Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego
(AD ELO).

Trata-se de um projeto, orçado em cerca de 500 mil euros, financiado a 85% por fundos comunitários pelo MAR2020, que passa nomeadamente pela aquisição de veículo anfíbio, de uma giratória, de um trator, entre outras iniciativas.

“Este projeto visa essencialmente a preservação e valorização do areal da Praia de Mira e Praia do Poço da Cruz, para a comunidade local e visitantes, através da aquisição de meios materiais e técnicos que garantam a realização de ações de limpeza”, refere o presidente da Câmara Municipal de Mira, Raul Almeida.

Questionado acerca da importância deste projeto em praias de bandeira azul, como é o caso da Praia de Mira e a Praia do Poço da Cruz, o autarca explicou que estes projetos são de “primordial importância”, já que “todos os investimentos que se possam fazer e realizar para manutenção das praias e do meio ambiente são fundamentais”.

“Tão importante como os novos investimentos são todas as ações de manutenção das belezas naturais que existem no nosso concelho”, sublinhou.

O veículo anfíbio destina-se primordialmente a atuar no controlo das espécies invasoras e a giratória serve para ajudar na limpeza dos recursos hídricos daquele concelho.

É um “projeto todo ele de aquisição de equipamentos, nomeadamente a aquisição de um veículo anfíbio para operar na Barrinha, Lagoa e Casal de são Tomé, a aquisição de uma giratória de cerca de 13 toneladas para intervenção nos recursos hídricos e um trator para reforçar a frota do município, mas com a prioridade de atuar na limpeza do areal”, acrescentou o vereador Tiago Cruz.

Outro dos propósitos deste projeto passa pela implementação de um passadiço no areal para facilitar o acesso a pessoas com mobilidade reduzida.

Trata-se de um tapete amovível que pode ser instalado em qualquer superfície plana ou inclinada sobre areia, lama ou neve, que permitirá o acesso a carrinhos de bebé, bicicletas, cadeiras de rodas e até reboques e atrelados de barcos.

No âmbito deste projeto está ainda previsto a realização de ações de sensibilização à comunidade, visando a prevenção e a mudança de comportamentos.