24 de Fevereiro de 2018

Está aqui

Subsídios Anual às Associações do Concelho

O movimento associativo constitui uma das riquezas sobre as quais assenta a identidade cultural do Concelho de Mira, onde as colectividades e associações, para além do convívio que proporcionam nas comunidades, são também espaços de amizade, solidariedade, cooperação, humanismo e cidadania. São ainda os principais dinamizadores de atividades multifacetadas que garantem o acesso, a todos os munícipes, a experiências culturais e desportivas que, em muito, contribuem para a melhoria da sua condição de vida saudável, cultural e social, defendendo valores e património.

O reconhecimento do papel ativo de associações e coletividades, na diversidade das áreas de intervenção que abrangem, impõem um modelo de relacionamento e boa cooperação capaz de valorizar as iniciativas e dinamizar a sua intervenção direta, numa perspetiva de desenvolvimento integrado e sustentável do concelho, bem como, promover orgulhosamente o nome de Mira a nível nacional e até além-fronteiras.

O crescente aumento dos clubes e associações desportivas e/ou culturais no concelho de Mira, com o consequente aparecimento e dinamização de novas modalidades desportivas e de novas práticas culturais, traduz uma nova realidade, que em muito contribuirá para que um maior número de munícipes possa ter acesso a atividades que contribuam para a melhoria da sua qualidade de vida.

É necessário pois, assegurar aos dirigentes e corpos técnicos das coletividades os apoios à realização de atividades conducentes ao desenvolvimento, ou rentabilização, das suas associações, contribuindo, desta forma, para a sua autonomia financeira e capacidade de organização, com vista à prestação de mais e melhores serviços aos sócios e a toda a comunidade.

Assim, reconhecendo a intervenção do Movimento Associativo Concelhio, como um parceiro estratégico determinante na promoção da qualidade de vida dos seus munícipes, de atração de visitantes e de divulgação do nome e da identidade concelhia, com evidentes repercussões no processo de desenvolvimento local, pretende-se definir um conjunto de normas e procedimentos que assegurem um melhor equilíbrio entre a racionalização dos recursos disponíveis e a eficácia das atividades desenvolvidas.

O inquérito, que pode ser impresso a partir daqui, deve ser devidamente preenchimento em papel ou em formato digital, assinado pelo responsável e endereçado aos nossos serviços, ao cuidado do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Mira, Dr. Raul Almeida, até ao dia 9 de março do corrente ano.

 

 

Normas e Procedimentos